rioecultura rioecultura
Facebook Twitter Pinterest Picasa Instagram
EXPOSIÇÕES EVENTOS LOCAIS CULTURAIS COLUNISTAS ARTIGOS MATÉRIAS NOTÍCIAS INSTITUCIONAL COLABORADORES CONTATO
TRANSLATE THIS WEBSITE
COLUNA TEATRO  
Marcelo Aouila marcelo@aouila.com.br
Era verão, era Iguaba Grande. Um parque de diversões foi armado atrás do posto de gasolina. Vendemos azeitonas na praia para podermos brincar à noite nas atrações do parque. O "brinquedo" mais visitado, era da mulher que virava macaca. E a diversão do povo era ficar lá fora vendo os marmanjos saírem correndo quando aquela gostosa, por truques de espelho, era substituida pelo contra-regra, vestido de macaco, arrebentava a jaula e corria em direção do público. Gargalhada geral.

rioecultura : O Incrivel Segredo da Mulher Macaco : Coluna TEATRO

De volta ao berço do seu primeiro sucesso, Surto, os Surtados voltam ao Teatro Cândido Mendes, na comédia "O Incrível Segredo da Mulher Macaco". Numa deliciosa brincadeira com os filmes de Hollywood, identifique "O que teria acontecido a Baby Jane?", "Assassinato por Morte", "O Iluminado" e, claro, os filmes de Agatha Christie. Suspense, sustos e... gargalhadas! Num enredo de tirar o fôlego, o autor e também diretor Saulo Sisnando armou uma trama sem nenhuma falha. Tudo está bem explicado e pensado com uma lógica que só a comédia permite. Todos os requintes de suspense, mistério e humor estão presentes. Sem falar na utilização, brilhante, das piadas muito recentes coletadas através da Internet.

A criatividade da direção fica evidente quando é necessário um momento "troca de figurino". Saulo cria pequenos números solos com os atores, sem deixar a peteca cair. A marcação dos atores e a velocidade quase alucinante do espetáculo, que a comédia exige, é compensada com olhares, pausas dramáticas e sonoplastia necessários aos espetáculos de suspense. Destaque para uma direção de movimentos muito bem casada com a direção dos atores.

A cenografia é o necessário para um teatro micro como o Cândido Mendes, mas tudo ali no palco é bem escolhido e está de acordo com o espetáculo. O figurino é muito bem confeccionado e combina muito bem com cada personagem. A luz é simpática e muito bem dividida entre o suspense e a comédia. Um acerto só.

rioecultura : O Incrivel Segredo da Mulher Macaco : Coluna TEATRO

Comentar sobre o carisma, casamento, generosidade, inteligência, perspicácia, simpatia e criatividade de Wendell Bendelack e Rodrigo Fagundes no palco, é falar sobre o talento destes dois atores de primeira linha da comédia carioca. Cada um brilha no seu momento, e são generosos com o parceiro ao passarem a bola redondinha um para o outro. Eles têm talento de sobra. Não é à toa que "Surto" é um fenômeno de público e "Mamãe Não Pode Saber" só foi permitada por João Falcão ser remontada por conta do talento dos dois atores. Rodrigo mata a platéia de rir com a matriarca, com o lourinho noivo da mocinha e com a louraça toda de azul. Wendell arranca gargalhadas com sua interpretação da mocinha ingênua e virgem. Aplausos para a criada, sóbria e sinista! E, não menos importante, Renato Bavier se diverte - e sua em bicas - na sua incrível interpretação da macaca, personagem principal da peça!

E teve boatos de que as comédias do Cândido Mendes estavam na pior. Se isto é tá na pior... Poham! Que que é dizer tá bem, né? Corram para o teatro no fim de semana mais próximo e não percam a O Incrível Segredo da Mulher Macaco! Pra ficar com as bochechas doendo de tanto rir.

rioecultura : O Incrivel Segredo da Mulher Macaco : Coluna TEATRO
compartilhe subir a página
Postagens

Julio Biar [MPB]

Leo Ladeira [Patrimônio Histórico]

Marcelo Aouila [Teatro]

Seu nome:

Comentário:

Observação:
Verifique o texto antes de enviá-lo, pois não será possível modificá-lo ou apagá-lo após o registro.

ATENÇÃO: O seu comentário não será postado automaticamente. Ele passará por uma aprovação antes de ser publicado.



fico imensamente feliz e satisfeito com as suas palavras sobre o nosso espetaculo. da vontade de continuar,por mais dificil que seja levantar uma peça nesse pais sem nenhum patrocinio ou incentivo. so posso agradecer, pois o boca a boca ganha uma força maior depois de uma leitura tao inteligente e generosa que teve sobre a peça!obrigado e volte la para nos rever! sera sempre um prazer! Rodrigo
  Postado por: Rodrigo Fagundes
  em: 2011-08-10 02:08:53


Dados do(a) amigo(a):
Nome:
E-mail:
Mensagem:
Seus dados:
Seu nome:
Seu e-mail:
 
  voltarsubir
© Copyright 2008-2013 Rio&Cultura
SIMETRIA Arte e Comunicação desenvolve este site

Clicky Web Analytics
Rio&Cultura