rioecultura rioecultura
Facebook Twitter Pinterest Picasa Instagram
EXPOSIÇÕES EVENTOS LOCAIS CULTURAIS COLUNISTAS ARTIGOS MATÉRIAS NOTÍCIAS INSTITUCIONAL COLABORADORES CONTATO
TRANSLATE THIS WEBSITE
COLUNA PATRIMÔNIO HISTÓRICO
Leonardo Ladeira ladleo@gmail.com
Nem só de comércio e especiarias árabes vive a SAARA. Em meio à frenética movimentação de consumidores em busca de ofertas e preços baixos, própria da região, sobrevivem, quase placidamente, algumas das mais antigas igrejas da cidade. Espremidas entre as ruas e becos do maior centro comercial a céu aberto do Rio, as igrejas de São Jorge, de N. S. do Terço, de N. S. da Lampadosa e de Santa Efigênia guardam pequenos tesouros e muitas histórias para contar.



Mesmo sem possuir grande destaque artístico ou arquitetônico, as igrejas da SAARA são consideradas importantes centros de religiosidade popular da cidade. No dia devotado a São Jorge, 23 de abril, a igreja do santo costuma atrair centenas de fiéis, inclusive imigrantes libaneses.

Normalmente excluídas dos roteiros históricos da cidade, as igrejas da SAARA também não são reconhecidas pelo poder público: nenhuma delas é tombada pelos órgãos de Patrimônio Histórico. Certamente uma injustiça, se analisadas as importantes tradições guardadas por esses templos.

Igreja de São Jorge e São Gonçalo Garcia


É a mais popular da região. Inicialmente era devotada apenas a São Gonçalo. Em 1850, a Irmandade de São Jorge se estabelece naquela igreja, unindo assim as duas confrarias. A fachada se destaca pela alta torre, um dos símbolos da igreja. O interior está descaracterizado, após sucessivas reformas. Destaque para a imagem de São Gonçalo Garcia, representado com duas lanças atravessando seu corpo e com a ponta da orelha cortada. Há duas imagens de São Jorge: uma no altar-mor e outra na capela lateral, usada nas procissões do santo. Rua da Alfândega, 382, esquina com Praça da República. Tel: 221-9661.

Igreja de Santa Efigênia e Santo Elesbão


Foram os escravos que trouxeram para o Brasil o culto a esses dois santos, de origem africana. A igreja foi construída a partir de 1747 por uma irmandade formada por negros de Cabo Verde, Costa da Mina e Moçambique, além de escravos alforriados. O edifício possui uma fachada austera, onde se destacam a portada e quatro grandes janelas. O interior, apesar de bastante alterado, ainda apresenta relíquias, como a rara imagem de São Bom Homem, padroeiro dos comerciantes, e uma rica coleção de arte sacra. Algumas dessas imagens foram doadas pelo imperador D.Pedro II. Rua da Alfândega, 219. Tel: 222-1465.

Igreja de N. S. do Terço


Apesar de pequena, é a mais significativa igreja da região. A irmandade do Terço foi fundada em 1722, mas só em 1842 seria construída a igreja-sede. O interior é revestido de talha em estilo neoclássico. A igreja possui várias relíquias, como as imagens de São José, N.S.das Dores, Senhor dos Passos e N.S.do Terço. Na sacristia destacam-se o lavatório de mármore e imagens de origem portuguesa. No teto da nave há uma pintura com o símbolo de Nossa Senhora cercada de anjos. Também merecem destaque os azulejos portugueses, as portas e grades de jacarandá e a portada em pedra de lioz. Rua Senhor dos Passos, 140. Tel: 224-3674.

Igreja de N. S. da Lampadosa


A Igreja da Lampadosa não se localiza propriamente na SAARA, mas no seu entorno. A Irmandade de N.S. da Lampadosa – ou N.S. das Candeias – era, originalmente, uma confraria de homens de cor, que exerciam sua devoção na Igreja do Rosário. Depois de alguns mal-entendidos com os irmãos, também negros, se mudaram da Igreja de N.S.do Rosário e São Benedito. Em 1748, receberam a doação do terreno e edificaram a Igreja da Lampadosa, que, na época, deu nome à rua. Passados anos, a Irmandade progride até transformar-se em Ordem Terceira. E a velha capela dá lugar a um templo mais imponente e sóbrio, de linhas elegantes. A Igreja figura também entre os fatos ocorridos nas últimas horas de vida de Tiradentes. Toda segunda-feira, dia consagrado às almas, é intenso o movimento de fiéis que vão à Lampadosa acender suas velas e fazer suas orações. Av. Passos, 15 - Centro. 2221-0351 - De seg a sex - 07:00h às 17:00h; sáb - 07:00h às 11:00h.

--------------------------------------------
Fontes de Referência:
* Site Igrejas e Catedrais do Brasil
* COSTA, Nelson. Rio de ontem e de hoje. RJ: Leo Editores, 1958.
* Rio Antigo - Roteiro Turístico-Cultural do Centro da Cidade. EMBRATUR – 1979.
* Guia das Igrejas Históricas da Cidade do Rio de Janeiro – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro / 1997.
compartilhe subir a página
Postagens

Julio Biar [MPB]

Leo Ladeira [Patrimônio Histórico]

Marcelo Aouila [Teatro]

Seu nome:

Comentário:

Observação:
Verifique o texto antes de enviá-lo, pois não será possível modificá-lo ou apagá-lo após o registro.

ATENÇÃO: O seu comentário não será postado automaticamente. Ele passará por uma aprovação antes de ser publicado.



Sempre frequento a SAARA e nunca reparei muito nas igrejas. Vou passar a prestar mais atenção na próxima vez que eu for. Parabéns pela matéria.
  Postado por: Mario Britto
  em: 2010-03-14 12:53:00

Que bom, Mario, preste atenção nelas sim e se tiver oportunidade, entre nos templos para ver seu interior. Vale a pena!
  Postado por: Leo Ladeira
  em: 2010-03-16 21:56:13

Estive em São João Del Rey em passeio cultural. Tamanha a importância da história que as igrejas nos permitem vislumbrar. Aqui no Rio de Janeiro, a riqueza histórica destas em nada se compara a à de nenhuma outra cidade brasileira! Parabéns pela divulgação!
  Postado por: Lílian de Mello
  em: 2010-12-19 07:06:03

Com grande satisfação vou visitar a |greja de Santo Elesbão na Saara. Soube há um mês que se trata do padroeiro da casa própria. Rezei pela sua interceção e já recebi a GRAÇA DE CONCLUIR O NEGÓCIO DA MINHA CASA PRÓPRIA! Salve Santo Elesbão e Santa Efigênia!
  Postado por: Lílian de Mello
  em: 2010-12-19 07:08:54

ESTA COM DEPRESSAO MEU NETO RELIGIOSOS COM A FÉ EM DEUS E JESUS CRISTO, TENHO CERTEZA QUE VOU CONSEGUIR DESDE JA MUITO OBRIGADO, RUA POMPEU LOUREIRO, 27-C01 -COPACABANA
  Postado por: LUCAS DOS SANTOS NICOLAU
  em: 2012-08-12 15:36:21

A Igreja Nossa Senhora do Terço na Senhor dos Passos tem um grupo de senhoras que se reúne para rezar o terço e tem algo mágico ali. Uma força enorme, sempre que posso me uno a elas.
  Postado por: Ana B,
  em: 2016-03-15 19:25:17


Dados do(a) amigo(a):
Nome:
E-mail:
Mensagem:

Seus dados:
Seu nome:
Seu e-mail:
  voltarsubir
© Copyright 2008-2013 Rio&Cultura
SIMETRIA Arte e Comunicação desenvolve este site

Clicky Web Analytics
Rio&Cultura